segunda-feira, 6 de maio de 2013

DESMASCARANDO NOSSO INIMIGO


Eu agora entendo que Deus libera uma palavra de revelação tão somente quando a igreja já é capaz de entender, pois quando já vivemos aquilo que é bastante sólido, essa é a hora que somos convidados a descortinar a verdade. Não é fácil Deus te mostrar aquilo que parecia ser tão normal, ser tão cômodo. Certo alguém disse que o nosso coração é como um castelo, com suas portas, janelas e trancas... E um dia teremos a oportunidade de abrir essas trancas, abrir as cortinas para que os cômodos recebam luz. E quando essa luz entrar, começaremos a ver coisas belas, mas também veremos em alguns cômodos, coisas que não deveriam estar ali. Algumas antiguidades sem utilidades que precisam ser jogadas fora, outras coisas tão sujas que precisam ser imediatamente limpas.

Enquanto nesse tempo a união feminina busca viver em um propósito pelas famílias, temos aprendido também sobre as hereditariedades espirituais. Assim como existem a hereditariedade física e emocional, também temos a hereditariedade espiritual. Essa na qual somos levados a pensar que é besteira, "somos o que somos ou o que escolhemos", mas vai além do que imaginamos. Para essa questão também é preciso observar a árvore genealógica, pois é dos pais, dos avós e daqueles que nem conhecemos, que herdamos muitas coisas. Assim como as heranças boas, também existem aquelas que trazem um peso que nem nos damos conta de quanto pesada e desnecessária são em nossos dias. Vemos isso, como por exemplo no capítulo 5 e capítulo23 de Deuteronômio (tudo por causa do pecado de suas gerações). Conseguimos analisar bem isso quando fazemos um simples diagnóstico de nossos ancestrais.

Nem toda herança nos trazem coisas boas, por isso precisamos observar, reconhecer e não aceitar. Não se deixe enganar, e muito menos diga que você é "assim" porque herdou de seu pai. Eu mesma costumava a dizer que tinha (repetindo: tinha) um gênio forte, era tão ansiosa e sem paciência porque eu era (repito: era) parecida com meu pai. Não precisamos aceitar qualquer herança, podemos escolher querer viver com elas ou não. Esse maravilhoso conhecimento e a oportunidade de provar literalmente isso, é o que quero compartilhar para que também seja benção em sua vida. Não esqueça que nossa luta é contra o nosso único inimigo, que se chama Satanás, esse que é imitador de Deus, ele quer também que suas heranças maldosas e pecaminosas não sejam esquecidas. Seu desejo é que acompanhe as gerações, levando-as a escravidão e sutilmente a morte eterna.

Temos visto famílias inteiras com histórico de separação, vícios, violências, práticas de ocultismos, e isso repetidamente. Para qualquer mudança é preciso primeiramente reconhecer. Disse o salmista: "Confessei-te o meu pecado e minha maldade não escondi." (Sl 32:5). Muitas vezes não é fácil de entender, ou aceitar que precisamos quebrar algo em nossa vida. Parece ser mais fácil e cômodo deixar como está, ou ainda achar graça e fazer brincadeiras de algumas atitudes. Assim levamos fardos e pecados porque simplesmente achamos que são naturais, quando estamos carregando fardos de maldições, e o pior, transferindo-os para nossos filhos e gerações futuras. São coisas que talvez você não tenha se dado conta, mas elas somente escravizam e fazem estarmos muito longe da vontade e bênçãos de Deus.

O convite a liberdade, não é a proposta de envergonhar quem quer que seja, mas é de literalmente desmascarar quem está por trás disso tudo.

1º- É preciso quebrar qualquer pacto ou compromisso feito anteriormente, ainda que não tenha partido de você.
2º - Deve-se reconhecer que esse pecado ofende a Deus e causa danos em outras pessoas, ainda que involuntariamente.
3º- Renunciar esses pecados geracionais, fechando as brechas confessando-os. E talvez você diga que esta é a parte mais difícil, mas somente assim nosso inimigo será desmascarado e você será curado e totalmente liberto.

"Eu sou o Senhor, o teu Deus, que te tirei do Egito, da terra da escravidão. Não terás outros deuses além de mim. Não farás para ti nenhum ídolo, nenhuma imagem de qualquer coisa no céu, na terra ou nas águas debaixo da terra. Não lhes prestarás culto, porque eu, o Senhor, o teu Deus, sou Deus zeloso, que castigo os filhos pelo pecado de seus pais até a terceira e quarta geração daqueles que me desprezam, mas trato com bondade até mil gerações os que me amam e guardam os meus mandamentos" Deuteronômio 5:6-10

Vá a Jesus, não endureça seu coração, confesse, arrependa-se e viva uma vida abundante!

Jackeline Matos

jackelinematos.blogspot.com.br

"Para publicar com voz de louvor, e compartilhar todas as Tuas maravilhas. Salmos 26:7 "