quarta-feira, 17 de abril de 2013

DEPENDÊNCIA


Além de compartilhar, eu gosto de deixar algumas experiências registradas aqui, para que ao passar do tempo possamos ler e ver o trabalhar de Deus em nossas vidas. É certo que queremos sempre crescer, sermos melhores que ontem. E isso é muito bom! O que não é bom é quando esquecemos que apesar de conquistarmos certa maturidade, e avançarmos degraus em nossas vidas, acharmos que somos donos do próprio nariz, governadores de nossa própria vida, sabedores de todas as coisas, deuses para nós mesmos. Sendo que há um único trono, um único Deus, e dele deve ser o total controle de nossas vidas. A ele a glória!

Portanto, eu vejo que aquele que verdadeiramente se converte, se torna ou será tornado como criança. Deus, por amor, agirá para levar o seu filho ou filha a perder o controle da situação e o governo da própria vida. Como diz Jesus, somente quem for como uma criança poderá entrar no Reino dos Céus; ou seja, somente aqueles que perderam tudo (orgulho, vaidade, autossuficiência, desejo pelo poder, anseio por glória humana, controle da própria vida, domínio das situações, capacidade natural de dar soluções) e que vivem na dependência do Pai.


Por mais uma vez, tenho provado isso, DEPENDÊNCIA! E como falei, queremos crescer. Sei que em algumas áreas já estou um pouquinho treinada. Na verdade é como diz a canção da Michelle Nascimento, “O Senhor é meu refúgio e minha fortaleza eu posso dizer, sou forte até na minha fraqueza, estou armado, eu fui treinado pelo meu Senhor, minha armadura é a palavra e o meu louvor...” Mas nunca, nunca, nunca quero me achar capaz de fazer algo sem contar com a presença do Senhor, com sua direção, e sua benção. Quero poder dizer sempre como Moisés: “Se o Senhor mesmo, não for conosco, não nos faça subir daqui.”

 
Tudo que eu venho pedindo ao Senhor, é que me eu possa testemunhar das experiências decorridas do resultado da minha dependência por Ele. E o Senhor tem me confirmado de diversas maneiras. Nesses dias eu tirei momentos para jejuar, não somente de alimento físico, mas até mesmo da internet, tv e outras coisas que poderiam de alguma forma roubar meu tempo em Sua presença. Eu pedi então ao Senhor, que me falasse claramente sobre minha busca, minhas provas e tudo que eu tenho entregado em suas mãos. Que eu pudesse entender que éra o tempo Dele, e assim eu estivesse vivendo o seu propósito. E chegando ao final desses dias, já à noite, ao entregar aquele período ao Senhor, orando eu disse, que Ele não havia sido claro comigo, ou eu não tinha percebido sua resposta. Mas, não obstante, em um piscar de olhos, as lágrimas começaram a rolar, pois veio ao meu coração, que a resposta havia sido me dada naqueles últimos minutos. Então lembrei que eu havia falado com minha irmã Denise, instantes atrás. Enquanto meu cunhado instalava nossa impressora, ela falou: “Jacke, todas as suas provas são para que o Senhor te faça crescer, e venhas testemunhar. Essas experiências serão para que você ministre sobre elas ...”

Não preciso dizer mais nada né? Algo tão simples, mais eu pedi ao Senhor que me respondesse de qualquer forma, eu só queria ouvir. E então pude aprender também, que somos provados quando dizemos que... "somos", que "fazemos"... ou seja, quando eu digo que dependo, que espero por Ele. Dependência é ter fé no Senhor. Depender é totalmente, é integralmente, não somente em algumas situações, nem um dia, um mês ou um ano... Mas é depender todo tempo!

Realmente vale a pena depender do Senhor. Se buscarmos a santidade hoje, as bênçãos certamente chegarão amanhã. Se dependermos do Senhor hoje e sempre, então sempre e sempre desfrutaremos do seu melhor.


É isso ai, do Egito para a nova Canaã, na dependência do Senhor, conquistaremos!



Jackeline Matos
jackelinematos.blogspot.com.br

"Para publicar com voz de louvor, e compartilhar todas as Tuas maravilhas. Salmos 26:7 "