terça-feira, 20 de novembro de 2012

NÃO OLHO CIRCUNSTÂNCIAS

Quando já não sabemos o que falar, Deus fala ...
E-mail enviado por minha irmã em Cristo, Rosa Marengo, que falou ao meu coração.
Compartilho com você...

Habacuque 3. 16 a 19

Há uma canção antiga que diz; “Esta paz que sinto em minh’alma, não é porque tudo me vai bem. Não olho circunstâncias, não, não, não, olho seu amor. Não me guio por vistas, alegre sou”.

O texto citado é uma das mais magníficas confissões de fé das Escrituras. Habacuque encarou o fato assustador de que a nação seria invadida por um poderoso exército, que a terra seria devastada e muitos seriam mortos. No entanto, declara ao Senhor que confiaria nele em qualquer circunstância. Ouça sua confissão de fé.

“Esperarei confiantemente no Senhor” (Vs.16) – Ao olhar para o futuro o Profeta viu a nação rumando para a destruição. Ao olhar para dentro de si, viu-se tremendo de medo e ao olhar ao seu redor, viu todo o sistema prestes a se desintegrar. Contudo pela fé ele olhou para o alto, e viu Deus, aquele que é maior que nossas circunstâncias. Aliás, alguém definiu circunstâncias como “as coisas horríveis que vemos ao desviarmos nossos olhos de Deus”. Apesar de seus lábios estarem tremendo e suas pernas vacilando, o profeta irrompeu em cânticos e adorou a seu Deus.

“Eu me alegrarei no Senhor” (Vs. 17,18) – Depois que os Babilônios passassem por Judá, não restaria muita coisa de valor (Hb. 2.17). A economia se desintegraria, e não haveria motivo para cantar. Contudo Deus ainda estaria assentado em seu trono, cumprindo os propósitos divinos para seu povo.

Habacuque não podia se alegrar com suas circunstâncias, mas podia se alegrar em seu Deus: “Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide, o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento, as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, TODAVIA, eu me alegro no Senhor, exulto no Deus da minha salvação”. Irmãos, a incredulidade nos leva a ver Deus por meio das circunstâncias e, assim traz consigo o desespero. A fé, porém, permite que vejamos nossas circunstâncias por meio da realidade de Deus, e isso traz consigo a esperança. Assim podemos nos alegrar no Senhor.

“Confiarei no Senhor” (Vs. 19) – Se minhas pernas estivessem tremendo e meu coração palpitando, eu procuraria um lugar seguro para me sentar e relaxar, mas Habacuque começou a saltar para o alto das montanhas como uma corça. Por causa de sua fé no Senhor pode ficar em pé e correr para os lugares mais altos que jamais havia alcançado. Este é o motivo pelo qual Deus permite que passemos por provações: elas podem nos aproximar Dele e nos levar acima das circunstâncias para que andemos nas alturas com o Senhor. Assim, podemos afirmar que “nossa alegria é proporcional a nossa confiança. Nossa confiança é proporcional a nosso conhecimento de Deus”.

Habacuque nos ensina a encarar nossas dúvidas e conflitos com honestidade, a levá-los humildemente ao Senhor, a esperar que sua Palavra nos ensine, e então adorá-lo a despeito do que sentimos e vemos. Deus nem sempre muda as circunstâncias, mas pode nos transformar para enfrentarmos as situações. Isso é viver pela fé.

Para pensar: “Olhe para si mesmo e ficará deprimido. Olhe para as circunstâncias e ficará angustiado. Olhe para o Senhor e será abençoado”. 


Pr. Robson Wesley