segunda-feira, 9 de julho de 2012

9 ANOS DA IBNAV

Tivemos um fim de semana em celebração pelos nove anos da Igreja Batista Nacional Água Viva.Minutos antes de ministrar no primeiro dia de festa, o Senhor trouxe um amor tão grande ao meu coração, ao me colocar a frente daquelas pessoas. Alguns familiares, como minha mãe, minhas irmãs, meus cunhados que tem caminhado junto comigo na fé,  para minha alegria meu pai estava lá! E aqueles que também de fato já fazem parte da minha vida e família em Cristo. Assim diante dos meus olhos estavam a importância e o privilégio de poder fazer parte dessas duas instituições que Deus criou, a família e a igreja. Hoje cada vez mais o mundo quer nos fazer crêr que é quase impossível de se ter uma  família abençoada e fazer parte de uma igreja ordeira. Mas eu sei que possível é.

Hoje pela manhã recebi um e-mail do Maná do Senhor, escrito por Rev. Fred Souto, onde ele fala sobre o quanto se sentiu triste e vazio, quando decidiu parar um pouco suas atividades frequentes na igreja. Compartilho o final de suas conclusões ...

"Os dias são difíceis e ninguém consegue superá-los sem o apoio e a companhia de amigos e/ou irmãos que possam nos ajudar quando somos alcançados pelas aflições de um mundo que jaz na malignidade. O Senhor Jesus foi muito claro na sua afirmação de que é no meio de uma comunidade, por menor que ela seja, que sua presença será manifesta: "porque onde estão dois ou três estão juntos em meu nome, Eu estou ali com eles". Quando ouço alguém dizer que crer em Deus, mas que não precisa de uma comunidade, observo a bobagem que está por detrás desta afirmação. A comunidade é como uma fogueira que aquece os nossos dias, pois precisamos deste calor para sobreviver e mais, para poder vencer como o povo de Deus. Não devemos nunca acreditar que sozinhos conseguiremos animar a nossa fé, precisamos de uma comunidade. E mais, precisamos escolher uma para congregar, pois não podemos ficar pulando de galho em galho, sem manter comunhão com os irmãos, apenas ouvindo e nunca praticando a fé que aprendemos. Há muito tempo, o próprio Deus descobriu algo a nosso respeito – "não é bom que o homem esteja só"! Diante dessa verdade, viver a fé sozinho é ir de encontro à vontade de Deus e creio, que não queremos viver assim."

Por isso precisamos viver essa maravilhosa comunhão, família e igreja. Precisamos assim ir mais além, enxergar  aquilo que o mundo não pode ver, e não pode entender, pois diz a palavra que "o principe desse mundo cegou o entendimento dos
incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo." (2 Cor 4:4).

Enquanto o Senhor não me convocar, quero viver com essa família por longos anos na Sua maravilhosa presença, como tem sido durante esses 9 anos!

Parabéns IBNAV por 9 anos a serviço do Senhor Jesus!!!
Essa foi uma das canções que pudemos declarar no último dia.
"Meu Irmão" DT.




Jackeline Matos